Viajando para a Europa: Palácio de Versalhes

Conforme eu disse no Primeiro Post sobre a minha viagem pra França, essa foi a minha primeira viagem para a Europa, um sonho! No 3º dia, fui conhecer o gigantesco Palácio de Versalhes.

3º Dia em Paris, Palácio de Versalhes

No terceiro dia, fui até o Palácio de Versalhes, no qual posso resumir em uma palavra. Gigantesco.

Curiosidades: o Palácio de Versalhes possui 2.153 janelas, 67 escadas, 352 chaminés, 700 quartos, 1.250 lareiras e 700 hectares de parque. O Portão principal desse parque é praticamente todo em ouro e, em frente ao Palácio, uma estátua de seu construtor, Louis XIV.

Conheci as dependências do Palácio, muitas por sinal, e fui até o jardim do Palácio. Lindíssimo também, porém com muita neve. O jardim do Palácio também é enorme. Tirei fotos também em um pequeno lago que já estava congelado. Saiba mais sobre o Palácio de Versalhes.

Após esta visita, fui direto para as Galerias Lafayete. Apesar do nome Galerias, é um enorme e lindíssimo Shopping Center que fica próximo ao Museu do Louvre. Só de entrar nas Galerias Lafayete e conhecer o local já é um belo passeio. Mas fazer algumas comprinhas por lá não faz mal a ninguém. No geral, eu só bisbilhotei pois os preços são altos.

À noite, talvez a melhor noite desta viagem para a Europa. Conheci um bar em Paris, estilo Mexicano, com nome Le Chihuahua. Cheio de luzes e alguns Drinks Exóticos, bem ao estilo mexicano.

Haviam 3 músicos tocando músicas mexicanas e eles tocavam uma música em cada mesa. Bebi um Drink horrível e uma porção até boazinha. Parecia uma panqueca e recheada com carne.

No Bar El Chihuahua

Ficamos amigos de um dos músicos que é nosso vizinho de país. O Peruano José sentou na minha mesa e conversamos bastante, com seu belo Portunhol. Ele adora os brasileiros.

Por fim uma Francesa sem vergonha, se jogando pra cima do Cledson e ele quase beijando e menina e no final descobrimos que o namorado dela estava no bar. Quase arrumamos uma confusão imensa!

Por fim, o José nos ofereceu carona até o hotel. Por ser um pouco tarde resolvi aceitar e então ele propôs um pequeno passeio por Paris. Ele nos levou até o Trocadero, que é onde se tem a mais bela vista para a Torre Eiffel. Valeu demais a pena.

Passamos ainda por alguns pontos por onde o City Tour não havia passado, como o Palácio do Governador por exemplo. E assim o José me deixou no hotel, onde trocamos os contatos e ele ofereceu a sua casa para a próxima visita a Paris.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA